17 alimentos que previnem a gripe

16 maio 2014

Uma alimentação equilibrada, composta por frutas, legumes, verduras e grãos integrais, reforça o sistema imunológico e deixa o organismo mais resistente a vírus e bactérias. “Probióticos favorecem a imunidade de forma geral e alimentos ricos em vitamina C, em especial, previnem as doenças de inverno”, atesta o nutrólogo João César Castro Soares, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Portanto, antes de ficar doente, faça mudanças no cardápio. “Reavalie sua dieta e seu estilo de vida para que seu corpo fique suscetível aos vírus”, aconselha a nutricionista Bruna Murta, da Rede Mundo Verde.

Probióticos: iogurtes e leites fermentados têm microorganismos que fortalecem o sistema.

Alho: fonte de alicina, estimula a resposta imunológica.

Geleia real: estimula o sistema imunológico, combatendo infecções por vírus e bactérias.

Chá branco: rico em catequina, poderoso antioxidante. A substância ainda fortalece o sistema imunológico.

Pólen: rico em proteínas, vitaminas e minerais que ajudam na formação de anticorpos, fortalecendo o organismo

Frutas cítricas, como o limão, laranja, e toda a variedade: são clássicas no reforço à imunidade, graças à alta concentração de vitamina C.

Acerola: riquíssima em vitamina C (30 a 50 vezes mais que a laranja), que age na reconstituição dos leucócitos em períodos de queda de resistência.

Gengibre: é expectorante, reduz a inflamação e a dor.

Chá-verde: também é rico em catequina, antioxidante poderoso.

Cogumelo shitake: contém lentinana, substância que aumenta a produção das células de defesa do organismo.

Tomate: fonte de betacaroteno, ajuda as células imunitárias.

Óleo de coco: rico em ácido láurico e caprílico, possui atividade antiviral e antibacteriana.

Cenoura: o betacaroteno presente na cenoura atua contra infecções.

Couve: essas folhas verde-escuras têm antioxidantes fundamentais para manter a imunidade em alta.

Mel: contém substâncias que agem como antibióticos naturais. Eficaz contra os sintomas de gripes e resfriados. Pode ser coadjuvante no tratamento de problemas pulmonares e da garganta.

Fonte: iG São Paulo

Share

Zigma Comunica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.