BALANÇA COMERCIAL REGISTRA SUPERÁVIT DE US$ 769 MILHÕES NA PRIMEIRA SEMANA DE DEZEMBRO

09 dez 2015

O saldo da balança comercial da primeira semana de dezembro, com quatro dias úteis, registrou superávit de US$ 769 milhões, resultado de exportações de US$ 3,040 bilhões e de importações de US$ 2,271 bilhões. No ano, as exportações totalizaram US$ 177,392 bilhões e as importações US$ 163,182 bilhões, o que gerou um superávit US$ 14,210 bilhões. Os dados foram divulgados hoje pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Na primeira semana do mês, a média diária das exportações somou US$ 760,1 milhões, valor 4,4% abaixo da média diária de dezembro passado (US$ 795 milhões). O desempenho foi consequência de queda nas vendas de produtos semimanufaturados (-13,7%) – por conta de ouro em forma semimanufaturada, ferro-ligas, ferro fundido, couros e peles, semimanufaturados de ferro e aço – e básicos (-9,6%) – devido a farelo de soja, minério de ferro, café em grão, petróleo em bruto, carne bovina. Na mesma comparação, verificou-se crescimento das exportações de produtos manufaturados (5,8%) – puxado por tubos flexíveis de ferro e aço, motores e geradores, etanol, bombas e compressores, açúcar refinado, medicamentos, veículos de carga, chassis com motor, aviões.

Já em relação a novembro de 2015, quando a média diária das exportações foi de US$ 690,3 milhões, houve crescimento de 10,1%, por conta do melhor desempenho das exportações de produtos manufaturados (+18,9%) e básicos (+6,9%). Nessa comparação, houve queda das vendas externas de produtos semimanufaturados (-2,2%).

A média diária das importações na primeira semana (US$ 567,9 milhões) foi 27,3% menor que a média registrada em dezembro do ano passado (US$ 781,5 milhões). Nessa comparação, decresceram as importações de combustíveis e lubrificantes (-52,5%), equipamentos eletroeletrônicos (-40,9%), produtos de borracha (-30,1%), veículos automóveis (-29,4%), equipamentos mecânicos (-28,8%) e produtos plásticos (-27,2%). Em relação a novembro de 2015, houve queda de 9,9%, causada por redução nas compras de aparelhos eletroeletrônicos (-24,4%), combustíveis e lubrificantes (-18,4%), equipamentos mecânicos (-15,0%), plásticos e obras (-14,8%) e borracha e obras (-9,8%).

Ano

Até a primeira semana de dezembro, as exportações totalizaram US$ 177,392 bilhões e as importações, US$ 163,182 bilhões, gerando um superávit US$ 14,210 bilhões. As exportações acumularam média diária de US$ 764,6 milhões, valor 14,9% menor que o verificado no mesmo período de 2014 (US$ 898,6 milhões). As importações apresentaram desempenho médio diário US$ 703,4 milhões, 23,2% abaixo do registrado no mesmo período de 2014 (US$ 915,4 milhões). No ano, a corrente de comércio soma US$ 340,573 bilhões, com desempenho médio diário de US$ 1,468 bilhão, 19,1% menor que o verificado em 2014 (US$ 1,814bilhão).

(Fonte: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior)

Share

Zigma Comunica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.